Como bordar – Ponto atrás e ponto chinês

▸4 de janeiro de 2014




O ponto atrás é o mais básico de todos. Fácil de aprender, te dá a possibilidade de criar inúmeros outros! Hoje, vou ensinar tanto o ponto atrás quanto uma de suas variações: o ponto chinês, que é o ponto atrás com uma segunda linha enrolada entre os traços. Fica muito bonito em barras de tecidos, ou mesmo como contorno. Use sua imaginação! Primeiro, vamos ao ponto atrás:



Comece trazendo a agulha para a parte de cima do tecido. Um pouco mais a frente do primeiro ponto, insira a agulha no ponto 2 e saia, novamente, um pouco mais a frente, como demonstrado no ponto 3. Como o próprio nome do ponto diz: volte atrás, no ponto 2, e insira a agulha para formar o ponto 4. Pronto, você já tem dois pontos atrás! É só seguir esses mesmos passos até completar sua linha. Agora, vamos aprender o ponto chinês:



Costumo usar uma linha de cor diferente para fazer o ponto chinês! Insira a agulha no mesmo ponto em que começou seu ponto atrás e depois, de cima para baixo, passe a agulha por baixo do segundo traço. Depois, passe sua agulha de baixo para cima, por baixo do primeiro traço do seu ponto atrás. Assim, você formará uma argola entre os dois pontos.



Repita o processo seguindo em frente: depois de finalizar sua primeira argola, como demonstrado no ponto 3, vá para o ponto seguinte e insira a agulha por baixo do próximo traço, indo de cima para baixo. Volte para o ponto anterior e insira a agulha de baixo para cima, mais uma vez, por baixo do seu ponto atrás. Isso formará sua segunda argola! É só seguir esses passos, prestando atenção para não pular nenhum traço do ponto atrás. Várias argolas irão se formar entre os intervalos dos pontos, dando um efeito muito bonito! Para finalizar, é só levar a agulha para atrás do tecido pelo mesmo lugar onde você finalizou o ponto atrás.

Mostre o seu ponto chinês para mim publicando nas redes sociais com a hashtag #nuvemcanela!

0 comentários:

Postar um comentário